Porque seu clientes abrem (ou não) seu e-mail marketing

Porque meus clientes abrem (ou não) meu e-mail marketing?

Ao conhecer seu próprio negócio e os seus clientes, fica fácil determinar o que é mais atrativo comunicar para o seu público e como obter os melhores resultados possíveis com suas mensagens de e-mail marketing.

Mas, o que faz com que meu cliente abra a minha mensagem?

 

Imagine da seguinte forma: Abra sua caixa de entrada, olhe atentamente para suas mensagens e escolha uma qualquer. Agora reflita sobre os motivos que o levou à escolher este e-mail dentre todos os demais em sua caixa de entrada. Posso supor que ele está entre um dos itens abaixo:

1 – É o e-mail do seu chefe. Ou de um amigo, de um familiar ou de uma empresa que você aguarda alguma informação. Independente de quem tenha enviado a sua mensagem, o remetente agrega credibilidade à ela, tornando-a mais atrativo aos olhos do leitor e a tornando-a atrativa opção em meio ao turbilhão de e-mails disponíveis na caixa de entrada deste cliente.

2 – O e-mail promete te entregar algo impossível de ser ignorado. São aqueles 70% de desconto naquela marca favorita, ou aquele produto que você tanto procurava que voltou ao estoque, ou mesmo um tutorial de como usar aquela maquiagem de sempre, mas de um jeito diferente. Não importa! Se sua promessa for realmente atrativa, seu cliente irá notar sua mensagem. Por causa deste motivo, que os e-mails automatizados costumam ser mais eficazes do que os e-mails disparados sem nenhum critério de segmentação.

3 – É uma mensagem não lida. Os servidores de e-mail, por padrão, posicionam as últimas mensagens recebidas no topo do leitor do e-mail. Também por padrão, eles destacam essas mensagensem negrito. Somado isso ao fato de nosso cérebro guiar nosso olhar ao ponto destacado, sabemos que iremos olhar para as mensagens em negrito, ou não lidas, com maior preferência do que para as mensagens lidas. Por isso é importante notar quando nossos clientes costumam abrir seus e-mails, para, por exemplo, enviar-lhe uma mensagem após ele ter conferido toda a sua caixa de entrada, tendo a sua mensagem aparecendo no topo, e sendo uma das poucas em destaque. Consequentemente, deve-se saber quando ele abre sua caixa de entrada, para que seu e-mail não fique no meio de diversos outros e-mails não lidos e passe a disputar a atenção com outras mensagens. Até por isso, você deveria analisar sempre os seus disparos. Caso não tenha acesso à uma ferramenta própria, pode usar o Google Analytics para avaliar os horários de acesso de seus clientes e até mesmo, melhores dias.

Se você é o responsável pela estratégias de e-mail marketing e sua empresa, faz parte de sua função conhecer o comportamento de seu cliente diante de suas mensagens para poder desenhar as estratégias de segmentação e programação de envio de suas mensagens.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *